Topologia no MODO 3D com a Wacom Cintiq

A modelagem tridimensional digital é uma arte sofisticada com seu próprio vocabulário, ferramentas e técnicas, mas os princípios por trás da manipulação de milhões de polígonos são tão fáceis de entender como brincar de massinha. Usando uma Cintiq 27QHD durante o GDC 2015, Greg Brown da The Foundry mostra algumas das funções básicas de retopologia, técnica de modelagem que utiliza um objeto 3D ou superfície pré-existente como base para a criação de uma nova. No MODO em especial, uma tarefa extremamente fácil, rápida e intuitiva como rabiscar usando uma simples caneta.

 

Links relacionados:

MODO 3D
The Foundry
WACOM | Cintiq
Game Developers Conference

Seu portfólio 3D no Sketchfab for MODO

Sketchfab é uma plataforma para publicar, compartilhar e incorporar conteúdo 3D interativo on-line. Com o kit Sketchfab, disponível no seu login de conteúdo registrado da The Foundry, você pode fazer o upload dos arquivos do MODO para a sua conta Sketchfab, incorporá-los em qualquer página web e imediatamente compartilhá-los em outras plataformas sociais populares.

Para instalá-lo basta arrastar e soltar o instalador LPK diretamente na interface do MODO (601 ou superior) e reiniciar o MODO. Cadastre-se no site Sketchfab, obtenha a chave para registrar seu API Sketchfab e você está pronto para começar a enviar seus modelos!

Assim que começar a postar seus modelos você receberá uma oferta para um teste de 90 dias da conta de Sketchfab PRO, que acrescenta uploads ilimitados (até 200 MB por modelo), com até 20 anotações por modelo, proteção de visualização por senha, um portfólio profissional, fundos personalizados a habilidade de capturar leads e aparecem no diretório PRO. As contas PRO tem custo aproximado de US$ 15 / mês ou US$ 120 / ano.

 

Links relacionados:

Sketchfab
Jensenmike

Retratos no MODO 3D

Uma rápida entrevista com Alberto Ezzy, generalista 3D, sobre sua série de oito tutoriais que irão revelar suas técnicas e segredos na produção de imagens personagens realísticos.

336_tid_Fisherman

Alberto Ezzy é um talentoso artista 3D e atualmente atua como freelancer na Bélgica. Suas tarefas diárias incluem desde a modelagem, texturização e iluminação até fotografia de texturas fotográficas, experiências com renderização e diferentes estágios de pós-produção de seus projetos utilizando Nuke e Photoshop.

Alberto Ezzy está trabalhando numa série de tutoriais para a 3Dtotal, cobrindo todo o processo de criação de dois personagens do seu projeto “retratos populares” utilizando os softwares MODO e MARI: “O Pescador” e “minha amiga Kiwi”. “Nestas imagens tentarei explorar alguns processos de “pele” e “cabelo” no MODO que eu nunca tinha experimentado antes”, explica Alberto.

Ao longo de oito tutoriais, Alberto revela técnicas e segredos de seu workflow para um bom trabalho de iluminação no MODO, bem como dicas e truques para a criação de uma boa textura de pele (skin shader) e a configuração de cabelos (hair & fur). Ele também vai mostrar como podemos obter um realismo convincente em modelos 3D digitalizados, além de mostrar como o MARI se encaixa no fluxo de trabalho 3D. Os tutoriais também vai abordar como combinar diferentes Render Outputs do MODO para posterior pós-produção e ajustes finos no Photoshop.

336_tid_Male_Modo

A Ten24 forneceu 2 modelos 3D escaneados para Alberto trabalhar neste processo. Foi como “conhecer alguém”, sugere. “Ao abrir o modelo você começa a pensar: De onde você é? O que você faz na vida? Na versão masculina senti um melancólico pescador, velho, mas ainda forte. Já a feminina me sugeriu uma mochileira, talvez em uma viagem na Nova Zelândia!” Meus objetivos artísticos foram “menos é mais. Eu queria que os detalhes e a pele fossem o centro das atenções. Eu tentei um brinco para o pescador e uma tatuagem para a garota, mas não funcionaram pois eram pontos de distração. Eu também decidi usar e explorar duas configurações diferentes de iluminação: Physical Sun para o pescador e Studio Lighting para a menina”.

Para criar essas duas imagens incríveis, Alberto utiliza o MODO 3D e o MARI (ambos da The Foundry) para modelagem, escultura, iluminação, texturização e o Adobe Photoshop para pós-produção e pequenos ajustes finais. “Quanto ao hardware explorei a potência, qualidade e velocidade de uma AMD FirePro W9000, que superou com facilidade a exigência de ambos os trabalhos sem nenhum aborrecimento. Os modelos 3D digitalizados são bem pesados, se você precisar fazer ajustes e testes na escultura e posteriormente adicionar coisas como cabelos, ambientes e iluminação realística então você precisa de uma placa gráficas de alto desempenho”.

336_tid_zzzz_AMD-FirePro-W9000-360W

A AMD criou uma das mais poderosas placas gráficas disponíveis atualmente no mercado. A W9000 permite a GPU processar os dados de geometria a uma taxa de duas vezes por ciclo de clock que, além de acelerar e garantir a precisão dos seus cálculos, também permite o uso de enormes arquivos de texturas – com até 32TB de tamanho.

No entanto, Alberto nem sempre usou MODO. “Há muito tempo atrás, eu utilizava o LightWave e raramente o 3DMax, mas quando o MODO foi lançado, foi amor à primeira vista!” declara. “É um software muito intuitivo e divertido. Para mim, isso é muito importante – ser divertindo! Eu não gostava de modelar antes de conhecer o MODO, mas agora eu amo! E o que falar sobre ver o resultado final realístico em poucos segundos no Render Preview? Oh meu deus, aquilo é incrível!”.

Para Alberto, compartilhar técnicas com a comunidade não poderia ser mais inspirador. “É ótimo e muito gratificante fazer parte de grupos e fóruns”, diz ele. “Eu particularmente admiro o fato de que pessoas estejam dispostas a doar seu tempo gratuitamente para te ajudar caso tenha uma pergunta ou um problema. O número de gênios trabalhando neste setor é impressionante e também tenho muita admiração e respeito pelos programadores que criam estes softwares fantásticos que usamos todos os dias!”

336_tid_Female_Modo

336_tid_Female_Mari

336_tid_My-Kiwi-Friend

Links relacionados:

Alberto Ezzy
MODO
MARI
AMD FirePRO9000
Ten24
3D TOTAL

Salvar

V-RAY PARA MODO 3D

Na última semana, durante a Siggraph 2014 a The Foundry e a Chaos Group anunciaram a mais esperada notícia dos últimos meses. O aclamado renderizador V-Ray, até então disponível para vários softwares 3D, chega oficialmente para o MODO 3D. A extrema qualidade e realismo do V-Ray, aliado à velocidade e workflow do MODO fazem desta poderosa combinação uma excelente opção de produtividade que com certeza unirá usuários de ambos os produtos por todo o mundo. Assista os principais recursos:

 

Links relacionados:

V-Ray

Open 3D Model Viewer

open3D_shot1

É muito comum os profissionais de 3D trabalharem com vários softwares e diferentes formatos de arquivo. Assim, uma dica é ter uma ferramenta que permita explorar e visualizar os modelos 3D no seu HD com agilidade e rapidez. Nesta categoria um dos software disponíveis, totalmente free, é o Open3mod.

Baseado na Open Asset Import Library o Open3mod é capaz de abrir mais de 40 formatos de arquivos diferentes incluindo OBJ, 3DS, BLEND, STL, FBX, DXF, LWO, LWS, MD5, MD3, MD2, NDO, X, IFC, Collada entre dezenas de outros incluindo é claro a extensão LXO do MODO 3D.

O software ainda está na versão 1.0, mas é bastante rápido e estável sendo uma ferramenta prática para os profissionais de 3D que muitas vezes se deparam com diferentes formatos de arquivo durante o dia-a-dia. Sua interface é baseada em guias e permite abrir várias cenas ao mesmo tempo. A visualização em 3D podem ser divididas em até quatro viewports em diferentes eixos através de 4 tipos de câmera independentes em diferentes modos: Wireframe, Bounding Box, Normal Vectors e Skeleton. Também é possível alterar a posição da fonte de luz, habilitar texturas e shading light.

open3D_shot2

Outro recurso útil é a reprodução de animações esqueléticas nos arquivos 3D inclusive com opções de variar a velocidade de reprodução e inspecionar transformações. Além das possibilidades e explorar o modelo, hierarquias, bones e animações o programa também mostra todas as imagens utilizadas nas texturas e materiais utilizadas no projeto.

Nesta 1a. versão já é possível exportar as cenas abertas para os formatos OBJ, PLY, 3DS, Collada e STL, inclusive com a opção de tradução de eixos, enquanto as texturas podem ser salvas em PNG, JPEG, TGA entre outras. O software vem com alguns modelos de exemplo, inclusive animados, para testarmos seus recursos. Como pontos positivos destacamos que o software é muito leve e rápido, totalmente gratuíto, com versões para 32 ou 64 bits. O ponto negativo é ainda não ter disponibilidade para MAC.

 

Links relacionados:

OPEN 3MOD

Salvar

Modelar com Quads ou Tripolys?

Versão adaptada, baseada no artigo original publicado na Digital Tutors

monster

Afinal devemos usar Quads ou Triangles em nossas modelagens? Ainda que muitos dizem que é apenas uma questão de preferência, existem sim vantagens importantes para o uso de Quads ao criar os seus modelos. Não que esteja errado ou seja o fim do mundo – ou do seu modelo – se você usar ambos, mas na indústria e grandes estúdios recomenda-se utilizar o menor número possível de Triangles não só por questões de padronização, mas também para evitar eventuais dores de cabeça.

Para um modelador basicamente existem apenas três tipos de polígonos que realmente importam:

Quads (Quadpolys ou Quadrilaterals)
O polígono “padrão”, mais utilizado e equilibrado, composto de quatro arestas (edges).

quads

Tris (TriPolys ou Triangles)
O polígono mais simples, composto por três arestas (edges).

triples

N-Gons
Polígono constituído por cinco ou mais arestas (edges). 

ngons

Mas afinal, por que escolher Quads?
Primeiramente porque o wireframe do modelo terá uma aparência limpa, o que tornará a navegação e edição mais fácil. Ao se utilizar Quads cria-se uma malha fluída, bem mais fáceis de acompanhar sua evolução geométrica através do modelo. Optar por Quads torna-se também mais produtivo quando se trabalha em equipe e um mesmo modelo é alterado por diferentes profissionais. É muito mais fácil converter uma malha composta por QUADs para Triangles do que o inverso.

Edge Loops
São basicamente um ciclo ou caminho geométrico contínuo. Se você seguir um caminho no sentido de 2 vértices selecionados, você retornará naquele mesmo vértice de partida. Os Edge loops, além de úteis para adicionar detalhes como rugas ou dobras, podem ser usados ​​para ajudar a definir o quanto suave ou definida uma borda pode ser. Um Edge loop geralmente não ocorre numa malha formada por Triangles onde existe quebras de caminhos e não há um fluxo natural geométrico a ser percorrido.

robot

Subdividing
Ao subdividirmos Quads os resultados são bastante previsíveis. Temos a malha composta de linhas e colunas bem definidas sendo fácil visualizarmos como e onde os polígonos serão subdivididos. Por outro lado ao subdividir Triangles a malha tende a ficar confusa ou no mínimo não intuitiva, sem um fluxo geométrico visual para o modelo.

Sculpting
Se você pretende adicionar pequenos detalhes extras em seu modelo através de softwares específicos de escultura, tipo Zbrush ou MudBox, então o melhor é evitar triângulos e ao mesmo tempo manter seus Quads uniformemente espaçados. Dependendo do modelo, podemos subdividir a geometria 4 ou 5 vezes deixando facilmente seu modelo com mais de um milhão de polígonos e como foi referido anteriormente é mais fácil prever tal subdivisão ao se optar por Quads. Outra vantagem é que eles facilitam a construção de uma versão Low Poly oferecendo o uso de Edge Loops para realçar os suavizar características do modelo.

Smoothing
Se você busca uma geometria suave considere que Triangles e N-Gons exagerados tendem a produzir pequenas rugas e anomalias na superfície da malha. Isso acontece por conta de diferentes tensões ao se aplicar SubPatch , quantidade / distribuição desigual de vértices ou até eventuais assimetrias.

Animation
Os Quads produzem deformações mais limpas. Normalmente os animadores se concentram em áreas de flexões e deformações, como joelhos, cotovelos e punhos otimizando a malha nestes pontos para facilitar o processo rig e animação. Com Quads tal tarefa torna-se fácil uma vez que, como já foi dito, permitem a criação e manipulação de Edge Loops vitais para um melhor controle nestas regiões. As malhas triangulares por sua vez são complicadíssimas de se controlar e tendem a produzir ângulos agudos indesejáveis quando deformadas.

Modelos Hard Surface
Ao se modelar objetos e modelos Hard Surface a preferência ainda é a utilização de Quads novamente pela facilidade proporcionada pelos Edge Loops. Mapeamento de texturas UV também ficam mais fáceis e intuitivos ao se utilizar Quads principalmente porque estes oferecem a possibilidade de emendas lineares.

audi

Modelos com malha Tripolys em Games
Triângulos não são absolutamente ruins, mas precisam serem usados com cuidado e estratégia. Quando usá-los em modelos orgânicos é melhor escondê-los onde não serão visíveis ou em áreas onde não haverá deformações. Haverá momentos em que malhas triangulares serão necessárias, um exemplo são os assets e personagens utilizados em games. Nestes casos, a maioria dos artistas ainda preferem trabalhar em Quads e posteriormente converter o modelo final para uma malha feita de TriPolys.

triangles

Christmas and New Year Image Contest

contest

Aos poucos chegamos à época mágica de natal e também ao já tradicional Holiday Image Contest, de Ano Novo! Esta será uma competição rápida. O Image Contest de Halloween foi um sucesso, vamos ver se podemos superá-lo em participações.

Para aqueles não familiarizados, algumas informações. A cada ano a The Foundry realiza um concurso convidando artistas a utilizarem seus softwares para criarem imagens inspiradas nesta época natalina e de ano novo. Todo o desenvolvimento das imagens é uma ótima oportunidade para aprender e ensinar, entender o processo evolutivo de um concept inicial até a apresentação final e coletar dicas importantes de todos os demais participantes. Entre todas as imagens submetidas uma será considerada vencedora, será transformada em um e-card e enviado para os todos os nossos clientes, revendas e amigos da indústria. Seu autor receberá uma cópia do NUKE X !!!

Vamos aos detalhes…

Sua tarefa
Criar uma imagem para impressão que a The Foundry possa usar como e-card de final de ano. Esta imagem será utilizada em material promocial e amplamente divulgada nas mídias especializadas e enviada para os nossos amigos e colegas nesta temporada de férias. Os softwares primários utilizados na criação da imagem devem ser produtos da The Foundry como o MODO 3D, Nuke, Katana ou Mari (por exemplo). Caso você não tenha algum deles poderá se utilizar de uma cópia trial baixada no site da The Foundry.

Você deve postar o concept do seu trabalho no Forum Work in Progress da The Foundry para que outros membros da comunidade possam ver o seu progresso. Isso é tudo sobre aprender uns com os outros, dar e receber dicas, compartilhar técnicas e conhecimentos! Após a conclusão da imagem esta deverá ser postada como terminada. A imagem deve ser exclusiva, criada exclusivamente para este concurso e nenhum trabalho já publicado anteriormente será aceito.

Datas
Começa 19 de novembro de 2013 e se encerra dia 18 de dezembro de 2013, 11:00 PST Os vencedores serão anunciados no dia do concurso de fechamento.

Prêmios
As imagem vencedora será destaque no site da The Foundry e estará em no cartão oficial de boas festas da empresa além de ser amplamente divulgado em redes sociais e mídia especializada. O autor receberá uma cópia node-locked da NUKE X

Entregas
Sua imagem pode ser usada em diferentes mídias e veículos, então se certifique que é de resolução suficiente para impressão. Na data de encerramento do concurso certifique-se de postar a imagem final bem como sua ficha técnica completa.

Uso da imagem
O autor nos concede a publicação e os direitos de distribuição de qualquer imagem e/ou animação enviada para este concurso. A imagem continuará pertencendo ao seu autor e o mesmo será creditado pelo seu trabalho. Produtos The Foundry devem ser os principais softwares usados para criar a sua imagem de participação.

Outras observações
O software concedido como prêmio não pode ser revendido ou redistribuído sob quaisquer circunstâncias. Caso o autor já possui o prêmio, outro produto de valor equivalente será oferecido. A imagem não devem ser ofensiva, por favor use o bom senso.  A The Foundry reserva-se o direito de modificar o concurso, conforme necessário. Pode ser solicitado os arquivos objetos para fins de verificação. As inscrições devem ser criadas especificamente para este concurso e as imagens devem ser exclusivas.

Boa sorte a todos os participantes!
R3F Team

Na dúvida apague o CFG

Então de repente você percebe que o modo está se comportando de forma estranha, handles desapareceram ou um comando não funciona como deveria. Calma, fique tranquilo, você não vai precisar reinstalar o software. O MODO 3D, diferente de todos os outros softwares 3D, é totalmente configurável em praticamente todos os seus comandos, interface e responsividade interna. Tal poder e liberdade pode raramente criar situações intrínsecas de configuração que pedem que o software seja “resetado” para seu estado de instalação inicial. Desta forma, a maioria dos raros problemas são resolvidos simplesmente apagando o arquivo de configuração do MODO. Proceda da seguinte forma:

  1. Feche o modo
  2. Certifique-se de estar com os privilégios de administrador
  3. Configure o sistema para exibir todas as pastas escondidas
  4. Apague o arquivo num dos respectivos caminhos.
    Considere N o no. da sua versão (701, 601, 501… etc):

Windows XP: C:\Documents and Settings\Username\Applicationata\Luxology\modoN01.cfg

Windows 7: C:\Users\Username\AppData\Roaming\Luxology\modoN01.cfg

Windows 8.1: C:\Users\Username\AppData\Roaming\Luxology\modoN01.cfg

Mac OS: HD:\Username\Library\Preferences\com.luxology.modoN01

Mac OS 10.7 (Lion) e 10.8 (Mountain Lion): Nestas versões a Apple escondeu a pasta “User Library” que passou a não ter um acesso direto. A intenção foi boa: evitar que usuários leigos entrem por ali e apaguem alguma pasta/arquivo importante para o funcionamento de algum aplicativo — ou até mesmo do sistema em si. Só que muitos usuários intermediários/avançados gostam de ter acesso à pasta Biblioteca. Para acessá-la siga os passos abaixo:

  1. Abra o Finder do sistema
  2. Com a tecla ALT pressionada vá no menu “Go”
  3. Aparecerá o atalho “alias” para a pasta Library que deverá ser clicado (figura abaixo)

user_library

Mac OS Mavericks:  Aqui a Apple nos devolveu a opção de deixar essa pasta sempre visível. Para isso, clique no Finder e, no menu superior, vá em Ir » Pasta Pessoal (ou, com o Finder selecionado, use as teclas de atalho Shift + Command + H). Feito isso, escolha a opção de visualização Ícones ou Lista, clique com o botão direito em cima do fundo branco e escolha a opção “Mostrar Opções de Visualização”. Depois, basta ativar a opção “Mostrar a Pasta Biblioteca”.

Mas e se o usuário não utilizou as pastas defaults sugeridas durante a instalação do modo? Muito simples:

  1. No modo, basta clicar no menu System > Open User Scripts Folder
  2. O comando abrirá o Explorer (ou o Finder, no Mac OS)
  3. Suba um nível na hierarquia de pastas para achar o aquivo .CFG
  4. Apague o arquivo

R3F Team